Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Edição de 2013 do "Diploma de Mérito COAF" tem 11 homenageados

Notícias

Edição de 2013 do "Diploma de Mérito COAF" tem 11 homenageados

Honraria concedida anualmente pelo COAF reconhece a contribuição de dez personalidades e de uma instituição aos esforços de Estado na prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo
por publicado: 24/04/2013 00h00 última modificação: 30/07/2015 15h58
Honraria concedida anualmente pelo COAF reconhece a contribuição de dez personalidades e de uma instituição aos esforços de Estado na prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo

Honraria concedida anualmente pelo COAF reconhece a contribuição de dez personalidades e de uma instituição aos esforços de Estado na prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo

Publicação: 24/03/2013.


O Conselho de Controle de Atividades Financeiras realizou, em 20 de março de 2013, solenidade de outorga do “Diploma de Mérito COAF” na sede do Órgão. Nesta edição, dez autoridades públicas e uma instituição foram homenageadas pela atuação na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo no Brasil. No rol de agraciados deste ano, estão representados órgãos de controle, as Forças Armadas, Ministérios Públicos Federal e Estaduais, o Poder Judiciário, o terceiro setor e o próprio COAF. (confira abaixo relação completa dos homenageados de 2013).

Sob o comando do Presidente do COAF, Antonio Gustavo Rodrigues, o evento foi prestigiado com a presença, dentre outras autoridades, da Ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ex-Corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eliana Calmon, do Secretário-Executivo da Controladoria-Geral da União, Carlos Higino Ribeiro de Alencar, e do Secretário-Executivo da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), Benedito Siciliano.

Após a execução do Hino Nacional e a exibição de vídeo educativo sobre a atuação do COAF, o Presidente, em suas palavras de abertura, apresentou as razões que levaram o Conselho a decidir pelos homenageados deste ano, destacando a seriedade e o empenho de cada um deles em suas respectivas áreas de atuação, bem como o importante papel que desempenham na disseminação da cultura de prevenção à lavagem de dinheiro e na luta contra criminalidade organizada.

Referindo-se aos recentes avanços na legislação nacional antilavagem, em particular à ampliação do universo de setores econômicos obrigados a comunicar ao COAF, Gustavo Rodrigues enfatizou que as mudanças ultrapassam o puro e simples cumprimento de um dever legal. “É uma profunda mudança cultural, que passa principalmente pelas empresas. (...) A parceria entre os setores público e o privado é o que, de fato, agrega valor ao trabalho do COAF e contribui para que o sistema brasileiro de prevenção à lavagem de dinheiro não apenas seja capaz de obter evidências contra criminosos conhecidos, mas também possa ir além e identificar aquele bandido ainda desconhecido”, lembrou.

Antes de passar a fase de outorga dos diplomas, o Presidente do Conselho convidou a Ministra Eliana Calmon a fazer uso da palavra. A magistrada enalteceu a parceria entre COAF e CNJ, registrando que a Unidade de Inteligência Brasileira, apesar de sua pequena e discreta estrutura física, é exemplo de instituição pública que faz acontecer. “Gostaria de registrar publicamente meu agradecimento ao COAF. (...) Não poderia deixar de estar aqui para presenciar essas homenagens”, disse.

Para a entrega dos Diplomas de Mérito, o Presidente do COAF convidou membros do Conselho, dirigentes do COAF e representantes de entidades parceiras. A maciça presença dos agraciados - apenas um não se fez representar na solenidade - denota a relevância com que este prêmio é percebido pelos agraciados, ao tempo em que colabora para a sedimentação de novas e importantes parcerias.

O juiz auxiliar da Enfam e ex-assessor da Corregedoria do CNJ, Ricardo Cunha Chimenti, um dos agraciados, ficou lisonjeado pela honraria. “É um momento muito especial, sobretudo porque o Conselho é um órgão sério, profissional e sereno. Essa parceria com o Poder Judiciário é importantíssima.”, avaliou.

Para o Procurador de Justiça de Minas Gerais, Rogério Filippeto de Oliveira, é extremamente gratificante perceber que a atuação concertada entre instituições de Estado consegue, pouco a pouco, promover uma transformação na sociedade, com mudança de cultura e o aumento da efetividade no combate ao crime organizado.

Rodrigo de Grandis, Procurador da República no Estado de São Paulo, apontou o COAF como um grande parceiro. “Eu jamais vi uma investigação exitosa sobre lavagem de dinheiro sem que ela contasse com Relatórios de Inteligência Financeira do Conselho. Essa parceria tem produzido resultados fantásticos desde 1998”, afirmou.

Para o encerramento da solenidade, o Presidente do COAF cedeu a palavra ao Conselheiro Ricardo Liáo, representante do Banco Central do Brasil e membro mais antigo do Plenário do Conselho, do qual faz parte desde sua criação em 1998. O Conselheiro rememorou os primórdios do COAF e manifestou seu apreço e satisfação pela oportunidade de contribuir para a construção da história do Órgão e, ao mesmo tempo, poder vivenciar sua consolidação como estrutura de Estado, cuja competência técnica torna-se cada vez mais reconhecida dentro e fora do Brasil.

Na sequência, o Presidente passou a palavra ao Diretor de Análise e Fiscalização do COAF, Antonio Carlos Ferreira de Sousa, que ressaltou a consistência dos nomes selecionados pelo Conselho para receber o Diploma. "Todos homenageados são parceiros importantes do COAF na edificação de um ferramental de Estado, que se mostra cada vez mais eficaz e eficiente na prevenção e no combate ao crime de lavagem de dinheiro", ponderou o Diretor, que também reconheceu a qualidade e o empenho do reduzido quadro de pessoal técnico do Conselho.

Relação dos Homenageados em 2013:

1 - Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, representado por seu Gerente-Executivo de Relações Institucionais, Henrique Lian – sua missão é mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de forma socialmente responsável, tornando-as parceiras na construção de uma sociedade justa e sustentável;

2 – Ana Paula Vieira de Carvalho – Juíza Federal da 6ª Vara Federal Criminal no Rio de Janeiro;

3 – Arthur Pinto de Lemos Júnior – Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo;

4 – Fábio Ramazzini Bechara – Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo;

5 – Fernando Celso Gomes de Souza – Servidor do COAF de abril/2007 a setembro/2012;

6 – Comandante José Benoni Valente Carneiro – Analista do Centro de Inteligência da Marinha de fevereiro/2006 a fevereiro/2009 e de janeiro a dezembro/2011, representado por seu pai, José Benoni Carneiro;

7 – Luiz Augusto Fraga Navarro de Britto Filho – Secretário-Executivo da CGU de julho/2006 a janeiro/2013;

8 – Raquel Branquinho Pimenta Mamede Nascimento – Procuradora Regional da República na 1ª Região;

9 – Ricardo Cunha Chimenti – Juiz Auxiliar do Conselho Nacional de Justiça de 2008 a 2012;

10 – Rodrigo de Grandis – Procurador da República do Ministério Público Federal no Estado de São Paulo;

11 – Rogério Filippetto de Oliveira – Procurador de Justiça do Ministério Público do Estado de Minas Gerais.

Fotos da cerimônia de outorga dos Diplomas de Mérito COAF de 2013.