Você está aqui: Página Inicial > Notícias > GAFI e MONEYVAL realizam reunião conjunta em Mônaco sobre tipologias de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo

Notícias

GAFI e MONEYVAL realizam reunião conjunta em Mônaco sobre tipologias de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo

De 24 a 26 de novembro, ocorreu em Mônaco reunião sobre tipologias de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo coordenada pelo GAFI e pelo MONEYVAL, organismo regional estilo GAFI para o leste europeu. O evento contou com a presença do Presidente do GAFI, Antonio Gustavo Rodrigues, do Príncipe Albert II de Mônaco, além de vários especialistas e autoridades de outros países, inclusive do Brasil.
por publicado: 28/11/2008 00h00 última modificação: 30/07/2015 15h58
De 24 a 26 de novembro, ocorreu em Mônaco reunião sobre tipologias de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo coordenada pelo GAFI e pelo MONEYVAL, organismo regional estilo GAFI para o leste europeu. O evento contou com a presença do Presidente do GAFI, Antonio Gustavo Rodrigues, do Príncipe Albert II de Mônaco, além de vários especialistas e autoridades de outros países, inclusive do Brasil.

De 24 a 26 de novembro, ocorreu em Mônaco reunião sobre tipologias de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo coordenada pelo GAFI e pelo MONEYVAL, organismo regional estilo GAFI para o leste europeu. O evento contou com a presença do Presidente do GAFI, Antonio Gustavo Rodrigues, do Príncipe Albert II de Mônaco, além de vários especialistas e autoridades de outros países, inclusive do Brasil.

O Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento do Terrorismo (GAFI), atualmente sob presidência brasileira, e o MONEYVAL, organismo regional estilo GAFI para o leste europeu, promoveram reunião conjunta com o objetivo de discutir tipologias de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo, realizada de 24 a 26 de novembro em Monte Carlo, Mônaco.
A reunião foi aberta pelo Presidente do GAFI, Antonio Gustavo Rodrigues, que ressaltou a importância do estudo de tipologias como fundamento para os trabalhos do Grupo. Na seqüência, falaram o Presidente do MONEYVAL, Vasil Kirov, e o Príncipe Albert II de Mônaco, que destacou o compromisso de seu país com o combate à lavagem de dinheiro.

O evento reuniu autoridades de investigação, de persecução criminal e de supervisão para a troca de experiências e o debate sobre as lições aprendidas a partir de situações reais.

A reunião deste ano focou-se em avaliar as formas de operação utilizadas por lavadores de dinheiro no mercado de capitais, em clubes desportivos e nas empresas de serviços financeiros. Adicionalmente, foi conduzida avaliação sobre riscos globais associados à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo, cujos resultados subsidiarão futuras ações estratégicas no âmbito do GAFI.

Em encontro privado com o Príncipe de Mônaco, o Presidente do GAFI teve a oportunidade de agradecer a cooperação prestada por aquele país ao Brasil em recente caso envolvendo crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro.